Total de visualizações de página

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

*O nome Anticristo é colocado em maiúsculo apenas para designar uma pessoa. - Parte II

 



Não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação do vosso espírito, para que possais discernir qual é a vontade de Deus, o que é bom, o que lhe agrada e o que é perfeito. (Romanos 12,2)

Jesus já começa avisando em João 5, 43: "Vim em nome de meu Pai, mas não me recebeis. Se vier outro em seu próprio nome, haveis de recebê-lo..." O Outro que vem em seu próprio nome é o anticristo: "... A impostura religiosa suprema é a do Anticristo, isto é, a de um pseudomessianismo em que o homem se glorifica a si mesmo em lugar de Deus e do seu Messias que veio na carne" (CIC 675).
A palavra Anticristo ocorre somente nas Epístolas Joaninas; mas existem assim chamados paralelismos a estas ocorrências no Apocalipse, nas Epístolas Paulinas, e outros menos explícitos nos Evangelhos e no Livro de Daniel.
Nas Epístolas Joaninas embora o Apóstolo João fale de vários Anticristos, ele distingue entre os muitos e o agente único e principal: "O Anticristo virá. Já agora há muitos Anticristos." (1Jo 2,18). Mostra que os anticristos saíram do "nosso meio" (1Jo 2,19). Estavam então infiltrados já entre os da comunidade de cristãos, provavelmente eram judeus perversos que queriam atrapalhar e destruir. Diz também que ele já está no mundo: "mas é o espírito do Anticristo de cuja vinda tendes ouvido, e já está agora no mundo." (1Jo 4,3) Ele agora falou em o "espírito do anticristo" que já está no mundo e que vai de encontro ao que disse São Paulo de que o mistério de iniqüidade já está em ação: "Porque o mistério da iniqüidade já está em ação, apenas esperando o desaparecimento daquele que o detém." (2Tes 2,7).
Nos três parágrafos seguintes é citado trecho da Enciclopédia Católica sobre o que os livros do Novo Testamento falam sobre o Anticristo:
Praticamente todos os comentaristas encontram o Anticristo mencionado no Apocalipse, mas eles não concordam quanto ao capítulo específico do Livro no qual a menção ocorre. Alguns apontam para a "besta" de 11,7; outros para o "dragão vermelho" de 12; outros ainda para a besta "com sete cabeças e dez chifres" de 13; enquanto muitos escolásticos identificam o Anticristo com a besta que tinha "dois chifres, como um cordeiro" e falava "como um dragão" (13,11); ou com a besta vermelha "com sete cabeças e dez chifres" (17); ou, finalmente, com Satanás "libertado de sua prisão" e seduzindo as nações (20,7). Uma discussão detalhada das razões pró e contra cada uma destas opiniões estaria fora de lugar aqui.
O Apóstolo Paulo dá três estágios da evolução do mal: a fermentação da iniqüidade, a grande apostasia, e o homem da iniqüidade. Mas ele adiciona uma cláusula calculada para determinar o tempo do evento principal mais precisamente; ele descreve algo primeiro como uma coisa (to datechon), e depois como uma pessoa (ho katechon), evitando a ocorrência do evento principal: "algo o detém" e "aquele que o detém" , citando 2 Tessalonicenses capítulo 2, onde em tal capítulo dos mais importantes sobre esse tema faz uma descrição de como será e agirá e de como terá um certo poder o Anticristo.
Em 2Tes 2,4 mostra como o anticristo nega a cristo se achando o próprio Cristo (Messias): " e deve manifestar-se o homem da iniqüidade, o filho da perdição, o adversário, aquele que se levanta contra tudo o que é divino e sagrado, a ponto de tomar lugar no templo de Deus, e apresentar-se como se fosse Deus." É um trabalho então daqueles que estão infiltrados e que estão desde a época dos apóstolos em ação (seria a misteriosa Sinagoga de Satanás em Ap 2,9 ? veremos isso mais tarde) pronto para tomar a atenção o enganar o povo realmente cristão.
Depois de estudar a figura do Anticristo na Epístola de São Paulo aos Tessalonicenses, alguém facilmente reconhece o "homem da iniqüidade" em Dn 7,8.11.20.21, aonde o Profeta descreve o "pequeno chifre". O Padre Emmanuel (O Drama do Fim dos Tempos, Pe Emmanuel-André) exemplifica Daniel: "o chifrezinho era um rei que acabaria por dominar sobre toda a terra com inaudito poder. Vomitará, lhe foi dito, blasfêmias contra Deus, esmagará debaixo dos pés os santos do Altíssimo; ele pensará que pode mudar os tempos e as leis; e tudo lhe será entregue durante um tempo, dois tempos, e a metade de um tempo". (Daniel 7). Por este rei todos os intérpretes entendem o Anticristo.
Ratzinger no Congresso dos Catequistas em Dezembro de 2000: " 'Vim em nome de Meu Pai e não Me recebestes, mas se vier outro, em seu próprio nome, recebê-lo-eis' (Jo 5, 43). O sinal distintivo do Anticristo é falar em seu nome."
O Anticristo nas profecias de Santos da Igreja:
"Ele sentará no Templo de Deus como se fosse Cristo, e levando para o mau caminho aquele que adorá-lo." (Santo Irineu)
"O Anticristo deseja ser o senhor de todas as coisas, e se tornar o mestre de todo o Universo. Ele realizará milagres e sinais inexplicáveis." (São Nilo 430 d.c.)
"Cristo veio dos Hebreus, e o Anticristo nascerá entre os Judeus." (Santo Hipólito)
"Será durante esse tempo que nascerá o Anticristo, duma religiosa hebraica, duma falsa virgem que terá comunicação com a antiga serpente, o mestre da impureza... fará prodígios, não se alimentará senão de impurezas." (Nossa Senhora de La Salette)
"O anticristo vira de uma terra entre dois mares, e praticara sua tirania no Oriente. Depois de seu nascimento falsos professores e doutrinas aparecerão, seguido de guerras, fome e pestes." (Santa Hildegarda)
"Enoque e Elias* se aproximarão secretamente do anticristo; Eles contarão às pessoas quem ele é, e por quem cujo poder opera milagres, e em que modo ele vira ao mundo e como será seu fim." (Santa Mechtilda)
"Por meio de seu grande poder, engano, e malícia ele terá sucesso em seduzir ou forçará a cultuá-lo dois terços da humanidade."
(São Cirilo de Jerusalém)
"Anticristo se apresentará para os Judeus como o Messias. E assim eles o seguirão (2 Tes 2,9) Ele levará os ricos do mundo para Jerusalém e mostrará ter poder sobre as leis naturais" (Dyonisio de Luxemburgo)
"Ele ganhará o apoio de muito dons e dinheiro, ele se venderá para o diabo e desde então não terá anjo da guarda ou consciência." (São Jerônimo)
"O Anticristo reinará sobre o mundo, de Jerusalém, no qual ele a transformará numa magnificente cidade" (Santo Anselmo)
"Anticristo será possesso por Satan e será o filho ilegítimo de uma judia do Oriente" (São João Crisóstomo)
"Anticristo ensinará que Cristo era um impostor, e nao o real Filho de Deus." (Santo Hilário)
*Seria cada um figurativamente, Elias, o espírito de profecia que denuncia a vinda e confirma pelas profecias, e Enoque ou Moyses seria a figura da lei, da ortodoxia, que segue retamente a lei católica.
Aviso aos evangélicos (protestantes): O Papa atual (Bento XVI) sofrerá com a vinda do antipapa no qual este proclama doutrinas não cristãs e ecumenismo e dividirá a Igreja Católica e protestantes fazendo acordo com os que acreditarem nele, assim nada tem a ver com os Papas verdadeiros. O Papa que sucederá o atual (Bento XVI) virá durante perseguição do atual e será o último (Pedro II).
1. Os fatos reais se encaixam com a bíblia e confirmam a conspiração
1.1 Introdução
Vejamos: um povo espera seu Messias, e esse povo é uma elite que muito domina, são donos dos meios de comunicação e muita riqueza, agora imagine que o diabo se aproveita disso e resolve desde muito tempo enganá-los com a vinda de um falso Messias, e assim seria um plano quase perfeito. Agora perfeito é o plano se esse falso Messias chegar a negar a Jesus Cristo que foi o verdadeiro Messias que veio e assim perseguir os que acreditam Nele, que são os cristãos e encaixar o falso Messias com o plano da maçonaria que é a Nova Ordem Mundial  e seu Governo Único Mundial e a Nova Era com a espera de seu "Messias" o Matreya.
Agora veremos que as sociedades secretas nasceram do meio dos judeus enganando a maioria dos judeus com suas mentiras que deveriam ser escondidas, quando na verdade Jesus veio a dizer que: "nada há oculto que não deva ser descoberto, nada secreto que não deva ser publicado." (sobre os fariseus) Lc 12,1-2. As sociedades secretas são o mistério da iniqüidade que estava em ação (2Tes 2) desde a época dos apóstolos, os anticristos saíram do "nosso meio" (1Jo 2,19) e que estavam infiltrados dentro da própria comunidade conforme a epístola do apóstolo: "Eles saíram dentre nós, mas não eram dos nossos. Se tivessem sido dos nossos, ficariam certamente conosco." (1Jo 2,19).
Os planos da maçonaria são bem avançados conforme mostram os documentos da Instrução Permanente mostrado anteriormente que diz: "Em poucos anos, pela força das coisas, este jovem Clero terá ascendido a todas as funções; formará o conselho do Sumo Pontífice, será chamado a escolher o novo Pontífice que há-de reinar ." Isso significa que o Papa estará cercado de maus bispos e cardeais que colocarão por meio do golpe ou falsa eleição de um anti-papa. E ao vermos também que muitas pessoas do clero envolvidos na maçonaria no qual busca uma estranha aproximação com religiosos, das mais variadas religiões.
Em João 10,1 Jesus se refere aos fariseus e falsos pastores da época que tinham entrado e dominado a Sinagoga (v.8). Não entraram pelo local correto, a porta, e sim pela janela, mas as ovelhas de Jesus, ou seja, os que são fieis sabem escutar (reconhecer) qual é a palavra de Jesus e assim não se deixam ser enganados. Na mesma situação que os perversos fariseus da Sinagoga na época, os pastores (clero) que hoje perderam a fé, preparam para depois de dentro da Igreja Católica, executar o plano de destruição. O falso pastor ou anti-papa não estará de acordo com a Tradição da Igreja Católica, ou seja, não será a voz do bom pastor no qual as ovelhas que são de Jesus Cristo entendem.
"Eu conheço a tua angústia e a tua pobreza - ainda que sejas rico - e também as difamações daqueles que se dizem judeus e não o são; são apenas uma sinagoga de Satanás ." Ap 2,9
1.2 Corroendo a Igreja por Dentro
“... assim quanto mais eles usaram de violência para ocupar os lugares de culto, mais eles se separaram da Igreja. Eles PRETENDEM representar A IGREJA; na realidade, expulsam-se a si próprios e perdem-se. Ainda que os católicos fiéis a TRADIÇÃO se reduzam a um punhado, são eles a VERDADEIRA Igreja de Jesus Cristo..." (Santo Atanásio)
Pense qual seria o meio mais fácil de destruir uma grande e secular instituição (Igreja Católica) senão por dentro dela mesmo e por infiltração? Esse é o tema discutido agora e será aprofundado a seguir.
"Alguns deles queriam prendê-lo, mas ninguém lhe lançou as mãos." (Jo 7,44)
Essa e tantas outras passagens no Evangelho mostram o quanto os fariseus estiveram muito perto de prender e levar Jesus a julgamento, mas porque Deus não permitiu que ele fosse levado a julgamento dessa forma ? Porque Jesus teria que ser traído logo por um dos seus discípulos ? Jesus sabia que um dos seus iria traí-lo porque não o despediu antes?
Deus permitiu que Jesus fosse traído por um dos seus discípulos para mostrar o que poderá acontecer no futuro, em que muitos dos seus escolhidos para estar em destaque na Igreja haverá de traí-lo, ou seja, foi mostrado mais uma vez que não há meio mais fácil de destruir um grupo, do que alguém que já esteja dentro dele, mesmo com vários alertas de Jesus de que o traidor estaria entre eles, Jesus nada fez contra Judas, mostrando também a fraqueza de seus discípulos em reconhecer o espírito dos anticristos.
E assim nada mais fácil em destruir uma instituição do que alguém que esteja dentro dela como mostrou João ao falar de anticristos nas Epístolas e aInstrução Permanente da franco-maçonaria caminha nesse plano, e o Papa Leão XIII (1878-1903) pressentiu a subversão pelo cume da Igreja e escreveu um pequeno exorcismo contra satanás. Eis o trecho do exorcismo que figura na versão original mas foi suprimido nas versões posteriores:
"Eis que astutos inimigos encheram de amargura a Igreja, Esposa do Cordeiro Imaculado, deram-lhe absinto para beber e puseram suas mãos ímpias sobre tudo o que há nela de mais precioso. Onde a Sede do bem-aventurado Pedro e Cátedra da Verdade haviam sido estabelecidas como luz para as nações, eles erigiram o trono da abominação da sua impiedade, para que uma vez golpeado o pastor possam dispersar o rebanho."
Vemos então o cumprimento da profecia: "Porque o mistério da iniqüidade já está em ação, apenas esperando o desaparecimento daquele que o detém." (2Tes 2,7). E quem seria esse que o detém? Se juntarmos com o que disse João, de que o anticrito sairia de "nosso meio" (1Jo 2,19), vemos que um pastor (Papa), o líder que guarda as ovelhas na comunidade é necessário que tal pessoa se afaste (Papa) para tomar no lugar um falso pastor e que tem a voz diferente dos outros pastores (Papa). Ou seja, o anti-papa proclamará doutrinas diferentes bem ao gosto pagão e humanista da maçonaria.
1.3 Algumas profecias de profetas reconhecidos pela Igreja de que satanás conseguirá chegar aos altos escalões da Igreja:
Nossa Senhora em Akita (as revelações são dadas como sobrenaturais pelo Vaticano): "O Diabo se infiltrará até mesmo na Igreja de tal um modo que haverá cardeais contra cardeais, e bispos contra bispos."

La Salette:
"O Vigário de meu Filho terá muito que sofrer, porque durante algum tempo a Igreja será entregue a grandes perseguições. Será o tempo das trevas; a Igreja terá uma crise medonha."
Aqueles que estão à frente das comunidades religiosas tomem cuidado com a pessoas que eles devem receber, porque o demônio usará de toda a sua malícia para introduzir pessoas entregues ao pecado, pois as desordens e o amor dos prazeres carnais se espalharão por toda a terra.
"Roma perderá a fé e tornar-se-á a sede do Anticristo."
"Os chefes, os guias do povo de Deus negligenciaram a oração e a penitência, e o demônio obscureceu as suas inteligências; tornaram-se estrelas errantes que o velho demônio arrastará com a sua cauda para fazê-los perecer."
Irmã Helena Aiello recebeu uma mensagem de Nossa Senhora em 11 de abril de 1952 (sexta-feira santa): "O Meu Coração está sangrando porque a Igreja será perseguida. Os lobos rapaces são muitos e vestem-se com a pele de cordeiro, e por isto o Cristo na terra (o Papa) sofrerá muito.
Ana Catarina Emmerich, freira alemã estigmatizada, em processo de beatificação, teve a seguinte visão: "uma grande quantidade de pessoas que trabalhavam para derrubar a Igreja de São Pedro. Os demolidores levavam grandes pedaços; eram em grande número, sectários e apóstatas. Em seu trabalho seguiam "certas" ordens e "certas" regras; disse mais: "Vi, com horror, que entre eles havia também sacerdotes católicos... Vi o Papa em oração, rodeado de falsos amigos, que, com freqüência, faziam o contrário do que ele ordenava."
Pe Gobbi:
13/06/89 - "Esta infiltração maçônica, no interior da Igreja, já vos foi predita por Mim em Fátima , quando vos anunciei que satanás se introduziria até o vértice da Igreja."
Nossa Senhora faz referência a uma revelação de Fátima não integrante das duas primeiras partes do Segredo, que são de conhecimento público (ver mensagem de 13/05/92: "Naquela ocasião (Fátima), eu predisse os tempos da perda da verdadeira fé e da apostasia, que se difundiria por toda a Igreja ... eu predisse os tempos da guerra e da perseguição à Igreja e ao Santo Padre, por causa da difusão do ateísmo teórico e prático e da rebelião da humanidade a Deus e à sua Lei... eu predisse o castigo e que, por fim, o Meu Coração Imaculado triunfaria").
Assim, Nossa Senhora revela o amplo processo de infiltração da maçonaria até os mais altos escalões da hierarquia da Igreja Católica (até o vértice da Igreja, ou seja, satanás ocuparia o próprio trono do sucessor de Pedro). Não surpreende, portanto, os relatos de reações papais diante da gravidade de revelações que transpunham para a nossa época os tempos preditos no Apocalipse. Certamente, forças maçônicas inseridas dentro da Igreja inviabilizaram, de todas as formas possíveis, a divulgação das mensagens de Fátima, particularmente as revelações constantes do Terceiro Segredo, por razões óbvias.
Profecia de Lérida:
Profecia de Lerida, na Espanha, datada de 1881, que foi mandada copiar com fidelidade e foi divulgada pelo grande Papa Leão XIII.
Jesus fala: "Advirto-vos, meus queridos, sobre a avassaladora paixão que sofrerá a Minha Igreja, pela ação deicida de uma sacrílega apostasia doutrinária, que com sutileza demoníaca, levarão adiante grande número dos meus discípulos, os quais, investidos da responsabilidade ministerial que exercerão iniquamente entre vós, produzirão um cisma mortal nas almas dos meus fiéis. Eu estarei convosco. A Igreja é santa de minha santidade. Eu salvarei a Minha Igreja.
Rezai! Rezai diariamente. Que seja a vossa oração, humilde e confiante; perseverai nela! O mundo está ameaçado de ruína total por falta de oração, que significa o esquecimento de Deus. Rezai pelo Santo Padre. Com o correr dos anos ele terá grandes sofrimentos. Daqui a cem anos, sobre o pastor supremo cairá uma dura prova, que colocará em gravíssimo perigo sua fidelíssima, abnegada e preclara existência. Este será o sinal de uma grande crise, como não tem havido até agora; que estremecerá a minha Igreja e o mundo.
O Sumo Pontífice que será seu antecessor, o sacrificarão desapiedadamente (atentado contra o papa Bento XVI? nota do site), os mesmos que o escolheram para ocupar a cadeira de Pedro, diante da firme negativa em aderir ao antipapa. Estes dois pontífices levarão, um e outro, o mesmo nome.
Os pastores, cada vez em maior número, extraviarão meu rebanho. Seduzidos por fantasiosas teorias heréticas, maquinadas por falsos teólogos, eles atraiçoarão sua missão de guias do meu povo, introduzindo no Templo Santo um culto indigno, de raízes pagãs. Ensinarão uma doutrina adulterada. Será um tempo em que o príncipe das trevas se apossará das mentes ensoberbecidas de dignitários, eclesiásticos e civis."
Mensagem da Obra A Verdadeira Vida em Deus:
E Eu digo-vos: Encherei as tuas trevas com a Minha Luz, porque tenciono desposar-te, geração, com o Meu Espírito Santo (Ap 21,2) . Foi dito que o Rebelde vos nutrirá à força, um dia, com uma porção de racionalismo e, um outro dia, com uma porção de naturalismo, com a intenção de suprimir e apagar a fraca luz que ainda resta em vós, vós que sois o Meu templo.
O Invasor  que assaltou muitas das Minhas cidadelas, forçando-vos ao abomínio da desolação, abolindo em vós o Meu Sacrifício Perpétuo, para erguer, em seu lugar, uma imitação sem valor algum: uma imagem de homem mortal que é um abomínio para a Minha Santidade  .

Vós sois a Minha Cidade Santa, e vós, vós que tendes permitido ao Meu Espírito Santo que vos inunde como um rio, sois a Minha Nova Jerusalém (Ap 21, 12) , as Primícias (Ap 14, 4) aqueles mesmos que tiveram constância e fé (Ap 13,10) . E, como o orvalho que sai da Minha Boca, como gotas de chuva sobre a erva, vós levareis a Esperança a muitos corações áridos, porque toda a irradiante Glória do Meu Coração se refletirá em vós, fazendo-vos cintilar como jóias preciosas de diamante, límpido como cristal (Ap 21, 11).
 
9 Ler a segunda carta aos Tessalonicenses 2, 1-12
10 Satanás
11 Isto é, nós. Aceno a Dn 11, 31
12 O materialismo, o racionalismo, que conduzem ao ateísmo, às seitas, com New Age, Scientologia, etc.
13 Ler Dn 11, 31-39; Ap 13, 14-18; Ap 21, 1-27
14 As seitas que macaqueiam a Palavra de Deus e não têm a Sagrada Comunhão
15 Jesus chorava
16 Jesus disse isto com muita majestade (Ap 21, 2)
17 Ler Ez 47, 1-12 e Ap 22, 1-2

A Abominação da desolação: perigo para a Missa e o mundo.
Um dos elementos que está presente na apostasia mundial é a "a abominação da desolação" expressão tirada de Dn 9,27 e Mt 24,15. Em outras Bíblias além da Ave Maria e Jerusalém aparece como: "abominação que causa desolação" (Bíblia americana) ; "a aterradora abominação" (Nova Jerusalém); "o Desolador sacrilégio" (Nova RSV); "o Odioso Devastador" (TOB) e etc... Expressão que consta na Bíblia em hebraico como " shiqquçim meshomem" de acordo com os tradutores bíblicos, um objeto de idolatria.
Jesus citando Daniel avisa para quando isto estiver ocorrendo na Igreja ou no "lugar santo" que se preparemos para a grande tribulação que ocorrerá (Mt 24,21).
Este "lugar santo" que segundo Nossa Senhora de La Salette, começa a esclarecer o significado: "No ano de 1865, ver-se-á a abominação nos lugares santos, nos conventos apodrecerão as flores da Igreja e o demônio tornar-se-á como o rei dos corações." Ou seja, nós somos templos do Espírito Santo o "lugar santo" o provável Templo de que fala Daniel 9,27. São Paulo em 2Tes2,4 segue explicando esse fator na época da apostasia: "recebe culto, chegando a sentar-se pessoalmente no Templo de Deus e querendo passar-se por Deus" isto é, um humanismo no qual o homem se passa pelo centro de tudo movido pelo orgulho recebendo culto dos homens (culto também pelas suas obras humanas desprezando as obras de Deus), ou seja, a glorificação do homem no lugar de Deus, no qual em seu interior permite que só a sua consciência e seu juízo reine e despreza qualquer obediência à vontade Divina e humildade.
Mas o príncipe deste mundo ao demolir a Igreja aos poucos (Apostasia, 2Tes2) não ficará conformado apenas em tentar conquistar os corações humanos, mas fará uma tentativa maior que é penetrar no Templo de Deus, a Igreja, e colocando lá a abominação da desolação , abolindo o Sacrifício Perpétuo* destruindo mais facilmente a Igreja e o mundo, Dn 9,27 e Dn 11,31: "abolirão o sacrifício perpétuo, ali introduzindo a abominação da desolação" e assim seremos privados da Eucaristia o Corpo e Sangue de Jesus Cristo, por um mero objeto de idolatria do qual fala Jesus em Mateus, a abominação da desolação.
Este objeto que representa também todo o espírito da abominação da desolação no qual aparecendo na Bíblia de modo figurado no coração do homem para acelerar também essa apostasia (perda de fé) até entre pessoas da Igreja e assim chegando a conquistar a própria Igreja, erigindo assim um objeto de culto na Igreja que representa todo o espírito da abominação da desolação feito por aqueles que mais aceleram a apostasia: a maçonaria.
Resumindo: a abominação da desolação seja no templo do Espírito Santo, as pessoas, seja no Templo Sagrado, a Igreja, uma é conseqüência da outra. Será aberto então a passagem para o homem do pecado (um anticristo) de que fala São Paulo em 2Tes2,3-4: "deve vir primeiro a apostasia, e aparecer o homem ímpio, o filho da perdição, o adversário, que se levanta contra tudo que se chama Deus, ou recebe culto, chegando a sentar-se pessoalmente no Templo de Deus e querendo passar-se por Deus".
*A missa é o Santo Sacrifício Perpétuo no qual gera inúmeras graças e frutos para as pessoas e o mundo inteiro, do mesmo modo que o Sacrifício Cruento (Jesus sentindo dor há dois mil anos) lembrando que o Sacrifício é o mesmo.
Exemplificando
Abominação da desolação nos dois contextos bíblicos:
Contexto Bíblico:
Espírito abominação da desolação.
A abominação em seu objeto e forma.
Local que se instala:
Nas pessoas, templo do Espírito Santo.
Na Igreja seja Católica (principalmente), seja em outras igrejas. (será um objeto de idolatria.)
Características:
Espírito de Rebelião (desobediência a Deus), Racionalismo, Naturalismo e auto-suficiência atéia.
Desprezo da divindade de Jesus e sua liturgia do Sacrifício da Missa, falso ecumenismo.
Conseqüências:
Perda de fé, desobediência dos mandamentos de Deus em nome de que todo prazer é natural, cada um é auto-suficiente, é indiferente para com qualquer religião.
Abolição da Eucaristia, ecumenismo para destruir a Missa e Eucaristia.

Exemplos de provável abominações na Igreja: http://cathcon.blogspot.com/2005/09/skull-worship.html  (simbolo da maçonaria, triângulo).
É pois este triângulo que a maçonaria adora que ela pretende colocar no centro da Igreja Católica para dizer promover um falso ecumenismo universal, que todos fujam quando isso acontecer (Mateus 24).
A explicação sobre o triângulo (Delta) visto no site acima, é tirado de um manual do aprendiz franco maçom, encontrado em site de ciências ocultas:
Um triangulo eqüilátero é, em essência, o Delta Luminoso que é encontrado no Oriente em todas lojas maçônicas. O olho que se acha em seu centro é o símbolo da consciência do ser que é o primeiro e fundamental atributo da Realidade.
Do triangulo, que forma o Delta propriamente dito, irradiam em seus três lados outros grupos de raios que terminam numa coroa de nuvens.
O raios simbolizam a força expansiva do Ser, que de uma ponto central infinitesimal estende e preenche o espaço infinito. As nuvens indicam a força centrípeta, produzida como refluxo da primeira.
Neste Delta manifesta-se uma dupla corrente positiva e negativa.
Perigo do Anticristo! O cardeal Biffi dá o alarme á Igreja
Sandro Magister
ROMA, 3 de junho de 2005 - O cardeal Giacomo Biffi, 77 anos, arcebispo de Bologna de 1984 a 2003, teólogo e grande estudioso de santo Ambrósio, reuniu num volume publicado nestes dias por Cantagalli alguns dos seus escritos não especificamente teológicos.
Título do volume: "Pinocchio, Peppone, o Anticristo e outras divagações " 
O Anticristo, a que se refere o título, é aquele descrito pelo filósofo e teólogo russo Vladimir Sergeevic Soloviev no seu último livro escrito pouco antes da sua morte, em 1900: "Os três diálogos e a narrativa do Anticristo".
Por que o cardeal Biffi quer repropô-lo hoje à atenção de todos? Porque - escreve ele - "Soloviev preanunciou com lúcida previsão a grande crise que atingiu o cristianismo nas últimas décadas do século XX".
Na figura do Anticristo descrito por Soloviev, de fato, Biffi reconhece o "o "símbolo da religiosidade confusa e ambígua do tempo em que hoje vivemos". Vê descritos e criticados o "cristianismo dos valores", a enfatização das "aberturas", a obsessão do "diálogo" a qualquer custo, "onde parece que pouco resta da pessoa única e inconfrontável do Filho de Deus crucificado por nós, ressuscitado, hoje vivo. É a situação que dom Divo Barsotti denunciou com tremenda frase e tremendamente verdadeira quando disse que nos nossos dias no mundo católico Jesus Cristo muito freqüentemente é só uma desculpa solo para falar do outro".
Na narrativa de Soloviev, o Anticristo primeiramente é eleito Presidente dos Estados Unidos da Europa, depois aclamado imperador em Roma, se apossa do mundo todo, e no fim se impõe também à vida e à organização das Igrejas. Mas não é tanto sobre esses fatos que o cardeal Biffi chama a atenção, mas quanto às características da personagem. Eis que, repentinamente - em algumas passagens do seu trabalho que, no entanto, exige ser lido na sua íntegra - como o cardeal o resume e como tira deste uma lição para a Igreja de hoje: 
OBS: Sobre o Anticristo se tornar inicialmente o Presidente dos Eua, isso é uma opinião pessoal de Soloviev, pois não existe profecia alguma sobre isso.  Sabemos através das profecias que o Anticristo, irá sentar no trono de Deus (Vaticano - Roma ), e que fará prodígios e milagres e se auto-proclamará o "salvador da humanidade".
Virão dias, ou melhor, já vieram...
por Giacomo Biffi
O Anticristo era - diz Soloviev - "um espiritualista convicto". Acreditava no bem e até em Deus. Era um asceta, um estudioso, um filantropo. Dava "altíssimas demonstrações de moderação, de desinteresse e de ativa beneficência".
Na sua primeira juventude se destacara como douto e arguto exegeta: uma sua volumosa obra de crítica bíblica lhe havia propiciado um diploma de honra na universidade de Tubinga.
Mas o livro que lhe dera fama e consenso universal leva o título: "O caminho aberto para a paz e a prosperidade universal" , onde "se unem o nobre respeito às tradições e símbolos antigos com um vasto e audaz radicalismo de exigências e diretivas sociais e políticas, uma liberdade sem limites de pensamento com a mais profunda compreensão de tudo aquilo que é místico, o absoluto individualismo com uma ardente dedicação ao bem comum, o mais elevado idealismo com princípios e diretivas com a precisão completa e a vitalidade das soluções práticas".
É verdade que alguns homens de fé se perguntavam por que nenhuma vez fora pronunciado o nome de Cristo; mas os outros replicavam: "Uma vez que o conteúdo do livro se encontra permeado do verdadeiro espírito cristão, do amor ativo e da boa disposição universal, o que vocês querem mais?".
Por outro lado, ele "não tinha por Cristo uma hostilidade de princípio". Pelo contrário, reconhecia a reta intenção e o elevadíssimo ensinamento.
Porém, três coisas de Jesus lhe eram inaceitáveis.
Antes de tudo as suas preocupações morais. "Cristo - afirmava ele - com o seu moralismo dividiu os homens segundo o bem e o mal, enquanto eu os unirei com os benefícios que são igualmente necessários aos bons e aos ruins".
Depois não aceitava "a sua absoluta unicidade". Ele é um dos tantos; ou melhor, dizia, foi o meu precursor, porque o salvador perfeito e definitivo sou eu, que purifiquei a sua mensagem daquilo que é inaceitável ao homem de hoje. 
Finalmente, e principalmente, não podia suportar o fato que Cristo estivesse vivo, tanto que histericamente repetia: "Ele não está entre os vivos e nunca estará. Não ressuscitou, não ressuscitou, não ressuscitou. Ele apodreceu, apodreceu no sepúlcro...".
Mas onde a exposição Soloviev se mostra mais especialmente original e surpreendente - e merece a mais profunda reflexão  - é atribuir ao Anticristo os qualificados de pacifista, de ecologista, de ecumenista. [...]
Nesta descrição do Anticristo Soloviev teve algum objetivo concreto? É inegável que ele alude ao "novo cristianismo" do qual naqueles anos Lev Tolstoj tornou-se eficiente divulgador. [...] 
No seu "Evangelho" Tolstoj reduz todo o cristianismo a cinco regras de comportamento que ele deduz do Sermão da Montanha:
1. Não só se deve não matar, mas nem mesmo se deve zangar-se com o irmão...
2. Não se deve ceder à sensualidade, de tal modo que não se deve desejar nem mesmo a própria esposa.
3. Nunca se deve vincular-se a juramento.
4. Não se deve resistir ao mal, mas sim aplicar até o extremo e sempre o princípio da não-violência.
5. Ame, ajude e sirva o teu inimigo.
Estes preceitos, segundo Tolstoj, de fato vem de Cristo, mas para permanecerem válidos, de fato, não têm necessidade da existência atual do Filho de Deus vivo. [...]
Evidentemente, Soloviev não identifica materialmente o grande romancista com a figura do Anticristo. Mas intuiu com extraordinária clarividência que justamente o próprio tolstoismo, ao longo do século XX, seria o veículo do esvaziamento substancial da mensagem evangélica, sob a formal exaltação de uma ética e de um amor para a humanidade que se apresenta como "valores cristãos". [...]
Virão dias, nos diz Soloviev - ou melhor, já vieram, dizemos nós - quando na cristandade se tenderá a dissolver o fato salvífico, que só pode ser aceito por ato difícil, corajoso concreto e racional da fé, numa série de "valores" facilmente trocados nos mercados mundanos.
Deste perigo - nos alerta o maior filósofo russo - nós devemos nos precaver. Ainda que um cristianismo tolstoiano nos tornasse infinitamente mais aceitáveis nos ambientes, nas agregações sociais e políticas, nas transmissões televisivas, não podemos e não devemos renunciar o cristianismo de Jesus Cristo, o cristianismo que tem no seu centro o escândalo da cruz e a realidade perturbadora da ressurreição de Nosso Senhor.
Jesus Cristo, o Filho de Deus crucificado e ressuscitado, único salvador do homem, não é traduzível numa série de bons e de boas inspirações, homologáveis com a mentalidade mundana dominante. Jesus Cristo é uma "pedra", come ele mesmo disse de si. Sobre esta "pedra" ou se constrói (confiando-se) ou se abandona (contrapondo-se): "Quem cair sobre esta pedra será estraçalhado; e se ela cair sobre alguém, o aniquilará" (Mt 21, 44). [...] 
Portanto, o ensinamento de Soloviev foi um profético e ao mesmo tempo um ensinamento amplamente não ouvido. Nós, porém, queremos tornar a propô-lo, com a esperança de que a cristandade finalmente se sinta interpelada e nele preste mais atenção.
Fonte: www.fimdostempos.net
---------------------
Comentários:
Pelas profecias abaixo de www.apelosurgentes.com.br as características abaixo há o ecumenismo que será necessário para destruir, discriminar e confundir religiões que possuem dogmas ou que acreditam em apenas um caminho, verdade e vida: Jesus. Vem também com o pacifismo porque aparecerá em época de guerra e se proclamará como solucionador político e espiritual. No aspecto ecológico vemos hoje em dia com o aquecimento global, o anticristo se aproveitará como solucionador e aproveitando com uma adesão a tal divindade Gaya (Mãe terra).
05.06.2005 22:30:00
Mensagem de Nossa Senhora,nº 2.532 em Montes Claros /MG
Queridos filhos, rezai com o coração. Não vos afasteis do caminho que vos apontei. Sabei que a humanidade viverá momentos de grandes dificuldades. Um homem com aparência de bom, e este é o anticristo, ganhará grande poder satânico. A ação maléfica se dará na festa de um grande santo, aquele que ao ser chamado por Deus caiu do cavalo e teve sua vida transformada.
04.10.2005 21:00:00
Mensagem de Nossa Senhora,n° 2.583
Queridos filhos, quando sentirdes o peso da cruz chamai por Jesus e buscai forças na Sua Palavra e na Eucaristia. A humanidade beberá o cálice amargo da guerra. O anticristo virá e as nações estarão em guerra. Será o maior sofrimento para os homens. Rezai. Eu quero socorrer-vos.
21.02.2008 21:00:00
Mensagem de Nossa Senhora nº 2.959
Queridos filhos, com o objetivo de enfraquecer a Igreja do Meu Jesus, o opositor convocará os líderes das falsas religiões e muitos falsos pastores. Juntos farão de tudo para destruir o Sagrado e conseguirão muitos dos seus objetivos, mas a vitória final será do Senhor. Por meio dos homens e mulheres de fé, haverá grande esperança para os Meus pobres filhos afastados. Deus não vos abandonará.
17.05.2005 21:00:00
Mensagem de Nossa Senhora, n° 2.523
Queridos filhos, arrependei-vos dos vossos pecados e voltai-vos Àquele que é o vosso Tudo. A humanidade será esmagada pelos homens perversos, mas quem for fiel até o fim receberá a recompensa do Senhor. Um opositor surgirá e por causa dele haverá desprezo na casa de Deus. A cruz e as imagens serão desprezadas e os verdadeiros fiéis serão perseguidos.
14.01.2006 21:00:00
Mensagem de Nossa Senhora, n° 2.628
Queridos filhos, coragem. Deus está ao vosso lado. Aconteça o que acontecer não permitais que a chama da fé se apague dentro de vós. Não vos afasteis da oração. A cruz será pesada para os homens fiéis. O alimento precioso será visto e desejado, mas os homens o temerão. O anticristo agirá com grande fúria para destruir a Igreja do Meu Jesus. A sua maior investida causará o maior dano espiritual, o qual os homens não presenciaram desde os tempos de Adão. Eu sou a vossa Mãe e estarei perto de vós.
10.03.2008 16:00:00
Mensagem de Nossa Senhora nº 2.967, transmitida em José Bonifácio /SP
Queridos filhos, Eu sou a vossa Mãe e sofro por aquilo que vos espera.Chegará o dia em que a cruz será pesada para os homens e mulheres de fé. O opositor impedirá que os cristãos se unam para rezar em lugares públicos e muitos serão martirizados e outros negarão a fé.


Sinais que se reconherá no Anticristo
1. Fará descer fogo do céu. "Realizou grandes prodígios, de modo que até fez descer fogo do céu sobre a terra, à vista dos homens." (Ap 13,13).
2. É judeu, no qual se proclamará como messias.
3. Tem boa aparência. [1]
4. Entrará numa época de guerra[2] no qual irá propor uma paz mundial (Nova Ordem Mundial) as nações com o uso inclusive de um chip para monitorar pessoas. (essa paz mundial será apenas uma ausência de guerra, mas os homens se entregarão mais aos pecados carnais, conforme La Salette e Apelos Urgentes)
5. Será eleito como Matreya pelo seguidores da Nova era. (Como maior exemplo os seguidores de várias religiões gnósticas, cabala e outras)
6. Falará em uma Nova Ordem Mundial e Nova Conscientização Mundial e princípios desse tipo que estarão bem em acordo com os princípios maçônicos da Nova Era.
7. Proclamará doutrinas cabalísticas. Sabe-se que a cabala, uma religião oculta que veio do judaísmo e tem princípios gnósticos, acredita que com a vinda do suposto messias  o que é mal tomará a aparencia de bem, ou seja o dualismo gnóstico e no qual a cabala acredita, fará com que o que é pecado será liberado e os mandamentos revogados. Verificar também o texto sobre cabala e conspiração na historia. Citando: "Segundo o messianismo cabalista, o reino do Messias trará a abolição da lei e mesmo a sua inversão, tornando lícito o que era proibido" (cfr. G.G. Scholem, A mística judaica, p. 181 e p. 314). E também: "the abolition of the norm of permitted and forbidden pure and impure" traduzindo: "a abolição da norma do permitido e proibido do puro e impuro" (G.G. Scholem, Sabbatai Sevi, The Mystical Messiah, p. 321).
[1] Em AVVD: Com Minha grande dor, muitas serão enganadas pela sua aparência (pela aparência do impostor). Por causa da sua máscara de cordeiro (30.01.1989)
[2] Mensagem de Nossa Senhora,n° 2.583: ...A humanidade beberá o cálice amargo da guerra. O anticristo virá e as nações estarão em guerra. Será o maior sofrimento para os homens. Rezai. Eu quero socorrer-vos. Abri vossos corações ao Meu chamado e sereis salvos. Vós que estais a escutar-Me a nada deveis temer. Sede fiéis e nenhum mal virá contra vós... (www.apelosurgentes.com.br)
[3] Toda Nova Era espera esse messias. Essas religiões gnósticas dão o início da nova era nos anos 60, ou seja, para eles estaríamos no ano 44 da era de aquário, o que na verdade, nos anos 60 foi quando começou a apostasia (perda de fé) no qual começou a decadência (Martirio) da Igreja Católica e costumes imorais se espalhando. A destruição da Igreja Católica ou ou cristianismo e seus valores é necessário para esses esotéricos se espalharem.
[4] Conforme comentado nas partes anteriores, o anticristo precisará de um grande apoio político para exercer o seu poder de forma q possa seduzir ainda mais as pessoas:
"Foi-lhe dado, também, fazer guerra aos santos e vencê-los. Recebeu autoridade sobre toda tribo, povo, língua e nação, e hão de adorá-la todos os habitantes da terra, cujos nomes não estão escritos desde a origem do mundo no livro da vida do Cordeiro imolado. Quem tiver ouvidos, ouça!" (Ap 13, 7-9)
[5] De cordo com St. Hildegarda: "Ele seduzirá... e dispensará todos da observância dos mandamentos de Deus e da Igreja, perdoando os seus pecados e fazendo eles adorarem apenas sua divindade" (do anticristo): "He will lure and attract the people to himself by granting them complete exemption from the observance of all divine and ecclesiastical commandments, by forgiving them their sins and requiring of them only their belief in his divinity."
Carta aos judeus e maçons sobre o não racismo.
Mais profecias sobre o Anticristo
"Quisera percorrer a terra, apregoar teu nome, e implantar em terra de infiéis a tua gloriosa Cruz (...). Martírio! Eis o sonho de minha juventude! O sonho que cresceu comigo à sombra dos claustros do Carmelo... Aí, também, percebo que meu sonho é loucura, pois não conseguiria limitar-me a desejar um só gênero de martírio... Para me satisfazer, precisaria de todos eles... Quisera, como tu, meu adorado Esposo, ser flagelada e crucificada... Como São Bartolomeu, quisera morrer esfolada... Como São João, quisera ser escaldada em azeite a ferver. Quisera submeter-me a todos os tormentos que se infligiam aos mártires... Com Santa Inês e Santa Cecília, quisera apresentar meu pescoço à espada e, como Joana D'Arc, minha querida irmã, quisera sobre a fogueira murmurar teu nome ó JESUS... Pensando nos tormentos que serão a sorte dos cristãos na era do Anticristo, sinto o coração alvoroçar-se, e quisera que tais tormentos me fossem reservados"
(Santa Teresinha História de uma alma - Manuscrito B)
Sede vigilantes pois doravante, é chegado o tempo em que o Usurpador vai mostrar-se com o rosto descoberto, se assim posso dizer! Ele tomou rosto humano e vai desmascarar-se aos olhos daqueles que receberam a graça do discernimento dos espíritos. Os outros "ficarão deslumbrados"! Eis uma expressão que está verdadeiramente de acordo com o assunto! Muitos acreditarão nele pois ele lhes dirá o que eles querem ouvir, a justificação das suas condutas desequilibradas, mas isso acontecerá apenas para melhor os enganar. Sendo assim Eu previno os que amo e que Me amam sinceramente, segui sempre a Minha voz, a Minha santa palavra e as recomendações e a pedagogia do Meu bem-amado Papa.
Agnes Marie 06/07/1999
Estas são Profecias no sentido lato:
o demônio se esforçou sempre para retirar do mundo a Santa Missa por meio dos hereges; estes se mostram assim como precursores do Anticristo, que procurará, antes de tudo, impedir a celebração da Santa Missa, o que ele, de fato, conseguirá, conforme a profecia de Daniel (Dan 8, 12): "E lhe será dado o poder contra o sacrifício perene por causa dos pecados". (Santo Afonso Maria de Ligório)
Os profetas declararam que o sacrifício seria sempre oferecido na lei nova, e que a abolição do sacrifício perpétuo seria a obra e o sinal do Anticristo (Dan. XII). A primeira tentativa formal para suprimi-lo, foi um dos traços característicos da revolta do século XVI, contra a Igreja.
(Cardeal Vaughan)
Por sua parte São Pio X (1903-1914) confessara a angustia de que era possuído ante os progressos alcançados pela seita no interior mesmo da Igreja. Em sua primeira Encíclica "E Supremi Apostolatus" de 4 de Outubro de 1903, expressa seu temor de que o tempo da apostasia que entrava na Igreja, fosse o tempo do Anti-Cristo, falsificação de Cristo, usurpador de Cristo. Eis abaixo o texto:
"... Nos atemorizava principalmente o estado aflitivo em que se encontra a humanidade atualmente. Porque, quem não se vê que a sociedade humana está sendo atacada de uma doença muito mais grave e mais profunda do que a que afetava as gerações passadas, que agravando-se cada dia e roendo até os ossos, vai arrastando-a para a perdição ? Que doença é está já o sabeis, Veneráveis Irmãos, é para com Deus a deserção e a apostasia; nada sem duvida que esteja mais perto da perdição, segundo estas palavras do Profeta: "Porque perecerão os que se afastarem de Ti" (Sl 72,27)".
"Porque verdadeiramente contra seu criador "rugiram as nações e os povos meditaram com insensatez" (Sl 2,1); de tal modo que já é voz comum a dos inimigos de Deus: "Afasta-te de nós, não queremos conhecer os teus caminhos" (Jó 21,14). Daí resulta que está, na maioria dos homens, quase extinto o respeito ao eterno Deus sem levar em conta sua vontade suprema nas manifestações de vida pública e privada. Mais ainda, com todo esforço e engenho procuram que seja abolida por completo ate a memória e a noção de Deus.
Quem considerar todas essas coisas, pode com razão temer que está perversidade de espírito seja uma antecipação e o começo dos males que estavam reservados para o fim dos tempos, ou que já se encontra neste mundo "o filho da perdição" (2Tes 2,3) de que fala o Apóstolo."
O Anticristo é baixo e calvo – e já comanda seu exército
EXÉRCITO NEGRO
Voltamos a apresentar mais algumas visões do mal, conforme já temos feito outras vezes. Eu vos suplico, atentem para isto: Nosso interesse não é apavorar as pessoas, nem temos obsessão em mostrar o inferno a ninguém. Mas certamente precisamos alertar para estas realidades, até porque a Igreja não fala mais nestas coisas, nem alerta para o perigo do demônio e sua ação incessante em busca da perda eterna das almas. O que temos sim, é verdadeira alucinação por preparar aos que assim desejam e dar-lhes armas para que consigam vencer a batalha que se avizinha, da “ação maléfica total”. Ela breve se derramará por toda a terra, em especial quando o anticristo aparecer. Quem vive, verá!
Desde há muitos anos viemos sempre alertando para a formação de um exército das trevas, falo dos homens e das suas instituições negras, mas percebo que tantas vezes esquecemos de dizer que, por trás deles, sempre está, e mais vivo e ativo do que nunca toda multidão dos exércitos infernais e invisíveis à maioria dos olhos humanos. Impressiona ver como as trevas agem com enorme e crescente desenvoltura, enquanto os filhos da luz, incautos como pequenas libélulas recém saídas do casulo, voam para a morte, rumo à bocarra escancarada do dragão vermelho. Ou seja: enquanto as trevas se avolumam, os filhos da luz se fazem apagar, quando de fato Jesus nos pediu para sermos luz do mundo! E milhões ficam inertes, não lutam, e – pior que isto – ao invés de mais se agarrarem em Deus, sua única salvação, mais se afastam Dele. Quanta insensatez!
Então, quando o Céu nos vem alertar para a existência deste processo, e nos mostra não somente a ação dos homens maus – os que se colocaram na linha de frente de um processo que visa fazer adorar Lúcifer aqui na terra – mas também o lado negro dos espíritos caídos, do bando fétido vindo das eternas mansões do horror, das câmaras mais profundas e torturantes do abismo infernal, e faz isso nestes tempos finais é somente para que não continuemos a dormir na ilusão de que tudo vai bem quando tudo desanda. Na Igreja e no mundo. Naquela, primeiro, neste como conseqüência. Vivem eles na triste ilusão de que “Deus não permitirá uma coisa destas”.
Diante disso eu clamo: Ó blasfemos, quem vos deu direito de ditar ordens a Deus? E onde está, antes, a resposta positiva do homem? Assim, o que mostramos aqui é que tais exércitos já pesteiam ambientes e contaminam as pessoas com sua presença maléfica. E mesmo que estas visões não fossem verdadeiras – já falei isto – ainda assim meu pequeno e simples modo de ver me avisa com precisão, de que a realidade é pior ainda. O linguajar e o ver humano são imprecisos para descrever tão assombrosa maldade e tão horripilante feiúra. Tudo o que podemos mostrar então é nada mais que pálido reflexo da realidade.
Como da outra vez, vou numerar os tópicos para as explicações abaixo. Peço ao leitor que tenha paciência para poder compreender bem, indo a cada numero citado ler no rodapé do texto o que se refere. Desta vez serão menos anotações, eu prometo! Abaixo vou anotar uma série de visões, cujo relato não é meu, mas da pessoa em questão.
Visão 1: Vi um homem baixinho e calvo, que demonstrava grande preocupação. Coçava a cabeça, mas não conseguia ver o rosto dele. Nosso Senhor não me permitia ainda, porque não é tempo. À frente dele, um homem bem alto, usava um terno preto e o escutava. Por duas vezes vi este encontro deles. Havia poucas pessoas no local – mais pareciam ser guarda-costas – que ficavam sempre distantes dos dois. No terceiro encontro secreto deles, que parecia ser sempre numa caverna debaixo do solo, eles chegaram à decisão final. Ouvi quando disseram que tudo já estava preparado, que os aviões já estavam prontos e tudo estava acertado nos mínimos detalhes; a vitória seria certa! O baixinho deu uma risada e coçando a cabeça, ainda com ar de preocupação disse: Vamos ver! Vamos ver!…
E naquele mesmo dia os aviões americanos atacaram o Iraque (1). Isso explica a visão que relatei anteriormente: este homem está por trás de todas as guerras e de tudo de mal que já está acontecendo!
(1) Isso nos dá a certeza do que sempre anunciamos: embora o anticristo ainda não se tenha manifestado, ele por trás já comanda as ações dos homens e governos. Quando os Estados Unidos invadiram o Iraque, não o fizeram por ordem de Bush e Blair, mas sim por ordem deste homem oculto, que por trás comanda este espetáculo de horror. Já assim foi na guerra da Bósnia e também na primeira guerra do Iraque. Um dos objetivos é enfraquecer financeiramente a ufana e arrogante nação americana, para que depois ela não consiga enfrentar a China e a Rússia na grande guerra que virá. Isso se nota, aliás, pelo monumental déficit americano, na casa dos trilhões de dólares anuais, coisa que um dia explodirá fatalmente.
Aliás, estes dois países – China e Rússia – se preparam como nunca para a guerra, com armas cada vez mais eficientes e novas. Olhem os movimentos de Putin da Rússia e seu desejo de reformular a URSS. Ele tem sonhos altos de poder. E junto com a China cumprirão “Gog e Magog”, conforme está em Ezequiel 37 e 38. Outro objetivo do anticristo é experimentar como reagem os povos, para quando chegar a guerra total, além é claro testar a eficácia das armas. Afinal, ele precisa testar tudo, porque não é Deus, nem sabe ou tem certeza se vai dar certo como planejado. Nem ele, nem Lúcifer!
Visão 2: No ano passado eu vi um terrível exército, que firmemente segurava suas armas nas mãos. Eles pareciam saídos de uma fornalha. Eram como carvões e pareciam estar queimados e até os cabelos eram – e são – horríveis. Olhavam com maldade extrema e pareciam hipnotizados, os olhos eram esbugalhados, os olhares fixos e parados, nem piscavam. Eles “cumpriam ordens” – me disse Nosso Senhor. Eles não pisavam diretamente no chão. Com suas pernas arreganhadas, e seus passos largos eram como astronautas “andando” na lua e balançavam os “corpos” de um lado para outro. Usavam um uniforme ridículo, mas que – noutro dia pude ver pela televisão – ainda existem destes por aí. Tudo é preparação, é imitação e faz sentido!
Estes homens todos saíram de um campo ermo e escuro e caminhavam sempre mais em direção a lugares povoados (1). As pessoas se encontravam tranqüilas em suas casas, também nas ruas, totalmente despreocupadas. Mas quando viram estes horríveis seres chegar, ficaram assustadas, porque eles realmente entravam na cidade. E garanto a vocês que, o simples fato de olhar para eles, já é motivo de morrer de infarto.
Seguiam em direção às casas e ali bisbilhotavam, olhando pelas janelas, pelas fechaduras das portas, em todos os cantos onde nem se podia imaginar. Muitas pessoas morreram de pavor ao vê-los se aproximar. Outros correram e se trancafiaram em suas casas. Porém eles não se cansavam e não iam embora, aguardando que as pessoas abrissem as portas num dado momento. E ao verem que as pessoas não abriam as portas das casas, eles entravam assim mesmo, e observavam cada passo, cada atitude de cada pessoa que ali habitava, e agora invisíveis ficavam ali, sempre portando firmemente as armas sobre os ombros.
Nosso Senhor me explicou que aquele era o exército de satanás, que preparava a chegada do outro que vem depois. Este exército estava sempre à espreita, em todos os lugares, vigiando dia e noite, cada passo das pessoas e amedrontando-as. Elas ficavam presas dentro de suas casas e não tinham mais liberdade; sequer abriam as portas e janelas (2). Porque aquele exército maléfico ameaçava entrar, ameaçava atacar, porém fisicamente eles não causavam mal algum. Seu alvo era apenas a alma das pessoas. Porque os demônios não querem outra coisa nossa, além da alma, nosso dom mais precioso. Eles sabem que esta é a única forma de atingirem ao Deus que nos ama tanto.
(1) Sempre temos avisado em que chegará o dia em que os demônios aparecerão vivos para muitos, em muitos lugares. Aparecerão, em especial, para aqueles que acham que eles não existem, padres inclusive. Já dissemos que esta explosão de desenhos animados com carrancas medonhas, estas pinturas de seres repugnantes e retorcidos que muitos julgam ser “arte”, e que nos são mostrados já desde pequenos, na verdade visam preparar as pessoas, especialmente as crianças, para a visão real destas repugnâncias e assim não se assustarem tanto. Mas há que saber que, bem pior que a simples visão e mais terrível ainda será a realidade, a presença maléfica e os influxos satânicos que deles emanam. Este influxo diabólico levará milhares de pessoas ao desespero, a loucura, e elas se baterão umas nas outras em fúria, pois milhões de homens e mulheres se tornarão irreconhecíveis, até de uma hora para outra, eis que demônios os comandarão.
(2) As profecias falam deste tempo de perseguição total, que será movida contra todas as pessoas de bem, não somente católicos, mas estes em especial. A perseguição moral já está em andamento e visões como estas nos mostram que adiante ela será também física, com mortes e sangue derramado em profusão. Não cremos que os demônios em si irão fazer isso – matar fisicamente, pois Deus não permite – mas sim homens sob seu comando. Os que serão levados vivos para o martírio eterno são apenas aqueles que aqui na terra se colocaram conscientemente sob as ordens de satã, para destruir a Igreja de Cristo e matar as almas. Satanás recebeu de Deus grande poder sobre estas almas incautas e fará bom uso delas. Depois, quando não mais servirem nos seus planos, as virá buscar vivas para a mansão do tormento eterno. As visões que seguem anunciam esta realidade futura.
Visão 3: Tempos depois, vi novamente este homem calvo e baixinho, que estava num campo fechado – Nosso Senhor me falou que era um campo de concentração – e a impressão que tive é de que ali havia inúmeros mortos enterrados. Era como um lugar de fuzilamento, porém não possuía muros altos, mas mesmo assim era muito escuro. Assustei-me quando vi este homem novamente, junto com seu exército cor de carvão – que citei anteriormente – e vi que ele lhes dava ordens diretamente, lhes passava todas as diretrizes de seu plano e explicava bem como deveriam fazer, como executar cada ação e o que deveriam fazer caso as pessoas resistissem. Foi horrível ver tudo o que eles irão fazer. Dias depois vi estes monstros iniciarem seus movimentos, e avançarem em direção às pessoas, às cidades e os povoados.
E Nosso Senhor me disse: O exército de satanás avança!
N realidade já faz tempo que ele começou a avançar, mas avança somente quando lhe é permitido por Deus a nada fazem sem permissão (1). E como me é dado observar, eles preparam os caminhos do anticristo, este homem baixinho no tamanho, mas terrivelmente grande na maldade. Este exército na verdade não é constituído de homens, mas por demônios, que receberam e recebem as ordens diretamente do próprio anticristo (2) do “filho de satanás”, como ele mesmo disse noutro dia. Por isso digo a vocês: o inferno é um abismo insondável, tantos são os tipos e formas de demônios que existem e tantos e diferentes os graus de maldade de cada um destes seres repugnantes.
(1) Já dissemos muitas vezes que os demônios nada fazem sem a permissão de Deus. Eles só avançam quando o Pai Criador permite, mas não devemos achar que isso se dá porque Deus os comanda para a maldade, mas que aqui se esconde uma grande sabedoria: eles avançam ou retrocedem, não devido às ordens de Deus, mas sim dada à reposta dos homens e das nossas orações. Na verdade se trata de uma batalha espiritual, que é aqui mostrada à pessoa de uma forma real e visível. Se nossas orações avançam, a maldade retrocede! Se estas arrefecem, o inferno avança! De fato, Deus deixou ao homem a prerrogativa de derrotar o inferno e somente Se obriga a permitir o avanço do mal, na medida em que os homens deixam de ajudar e não respondem à altura da necessidade, com suas orações e súplicas.
E justamente aqui entra o fato de que às vezes Deus se obriga a mudar planos e estratégias, que visam enganar e atrapalhar os planos do adversário, tudo por causa desta espantosa inércia dos homens. Ele faz isto para nos proteger, para nos dar mais chances de conversão e dar-nos mais força na luta. Sim, também mais graças neste mundo e maior glória no Céu, se vencermos. Na verdade, tudo o que os demônios fazem – inacreditavelmente – é para nosso próprio bem. Foi isso que ocorreu com a morte de João Paulo II. Foram aquelas torrentes de oração que nos deram mais tempo de graça, porque hoje, tudo já poderia estar em cacos, pois como viram, as forças do inferno estão atiçadas já para o ataque final. Eles sabem que perderão, mas querem poder provocar o maior estrago possível, levando ao inferno o máximo de almas. É só isso que lhes interessa, embora a morte física do homem também lhes agrade ao extremo. Eles odeiam os homens porque podem ser felizes e eles não; também porque podemos nos salvar e eles não!
(2) Naturalmente que este homem mau está em conluio completo com as trevas. E se Jesus, Maria, os santos, os anjos e até as almas benditas se manifestam aos homens para ajudar nas ações do bem, com toda certeza também alguns homens maus recebem a visão direta dos demônios e do próprio Lúcifer, que os instrui nas ações do mal. E certamente que o próprio anticristo tem a visão constante e a ajuda direta dos demônios a quem comanda. Não sejamos ingênuos de imaginar que isso não esteja acontecendo. Até isso o inferno recebeu de Deus e servirá mais tarde para que Lúcifer jamais reclame que não teve todas as chances de derrotar os homens e vencer a Deus.
Visão 4: Não bastasse este exército das trevas que aquele homenzinho comanda, também aqui na terra ele comanda outro, formado por homens de carne e osso e músculos. Ele se reúne com ambos no mesmo lugar cavernoso, os demônios cara de carvão e os homens. Este exército vem sendo formado, segundo Nosso Senhor, já há muitos anos e tudo foi programado para que nada dê errado. São homens musculosos, possuem grande força física e são extremamente preparados e maus. São homens escolhidos e todos de elevada estatura. Nenhum deles é baixinho como seu comandante, que mal passa da cintura deles. Possuem a cabeça totalmente raspada (1) e todos eles possuem o “chip” sendo formados e instruídos por satanás e pelo anticristo desde há muito tempo.
Eles todos estão apenas à espera para se porem em batalha. Estão ainda escondidos, no entanto. Usam uniformes de manga curta para não atrapalhar seus movimentos e suas calças são de um tecido preto, muito elástico, para não atrapalhar o movimento das pernas. E pude ver o que eles fazem, sempre treinando posições de defesa pessoal e de ataque, tanto com armas na mão como sem elas. São formados através de comandos cerebrais (2) e agirão desta forma. E por muitas vezes pude ver as ações deste exército de homens fortes, vestidos de preto, e somente pela graça de Deus posso suportar estas visões e revelações. Não escuto nada do que eles dizem, e quando relato algo é apenas porque Nosso Senhor mesmo me revela. Vejo apenas as reações deles e suas ações.
(1) Quem sabe seja devido a isso que se disseminou ultimamente, em toda terra, esta moda horrível de raspar totalmente a cabeça. Isso certamente tem propósitos infernais e vai contra a própria natureza do ser humano. Os homens foram feitos com cabelos, e raspar pode significar rebeldia, embora São Paulo o tivesse feito por promessa. Quando estive na Holanda, vi que uma parcela significativa daquele povo – homens e até mulheres – se apresenta totalmente raspado na cabeça, além de ter todo o corpo tatuado com figuras horripilantes. É isto, meus caros: os homens se preparando para acolher o exército de satanás! As drogas e o rock ensinam o resto! Os artistas e jogadores ditam as normas, e os tolos seguem seus desatinados ídolos. Satã guia a todos para desafiarem todas as regras de Deus, ponto a ponto! E os incautos aceitam tudo como se fosse bom!
(2) Já alertamos que o “chip” tem este pendor de controlar o cérebro das pessoas e não somente monitorar seus passos, mas também vigiar seus pensamentos e determinar seus atos. Ele permite formar autômatos, que obedecerão cegamente as ordens de satanás, tornando-se completamente insensíveis, tal como aqueles robôs e andróides dos filmes e seriados. Faz sentido e nada daquilo é produzido sem um objetivo sórdido. Tudo isso será feito via satélite, tal como se envia ordens e notícias por um telefone celular, de qualquer lugar da terra. Acreditem: tudo está sendo preparado nas nossas “barbas”, mas muitos não se dão conta e acham ser modismos passageiros. Ai, ai, ai! Quando isso explodir, será tarde para muitos incautos! Quanto choro!…Quanta dor!… Quanto sofrimento!…
Visão 5: Existe um homem na terra, maquiavélico, do qual já falei, o próprio anticristo que age monstruosamente por trás dos bastidores. Baixinho, corpo atlético e tem largas entradas no cabelo. Recentemente fiquei perplexa, ao pensar que existe uma pessoa destas no mundo, e nem se imagina o que se esconde nele. Mas assusta pensar que tamanha monstruosidade se esconde por trás daquele baixinho. Ele sempre recebeu “ordens” de um homem – que na verdade não dá ordens, mas sim o Ok! final – e que sempre aparece ao invés dele. Trata-se de um homem de ombros largos, que é grande não somente no tamanho, mas também no cargo que ocupa neste mundo (1).
Através do poder que satanás lhe dá, este baixinho pode estar bem aqui perto de mim, enquanto escrevo estas coisas sobre ele (2). Noutro dia, quando Nosso Senhor forçou satanás a revelar certas coisas, este baixinho me olhava com olhar furioso, um riso maquiavélico e queria demonstrar segurança de seus atos, mas na verdade ele não tem. Está sempre coçando a cabeça num ar de “será que vai dar certo?”. E na verdade, todos estes ataques terroristas de hoje, cuja culpa sempre cai sobre um ou outro grupo, ou sobre esta ou aquela pessoa, na verdade são obras projetadas por este mesmo homem, são aprovadas por ele (3) e executadas pelo grupo que o auxilia na tarefa.
(1) Nós temos conhecimento, por pessoas que estiveram próximas desta gente e já denunciaram o esquema – para ódio do inferno – que um pequeno grupo de pessoas forma a cúpula superior deste esquema a nível mundial, cuja palavra visível chama-se globalização. Já lembramos isto em artigos diferentes. Entre estes, existem pessoas que são como arqui-sacerdotes de Lúcifer, gente já completamente apagada para Deus. São estes arqui-sacerdotes, os únicos que sabem o que realmente está por trás deste projeto.
Entre os colaboradores deles sejam eles comunistas, sejam mafiosos, sejam eclesiásticos de alta graduação, sejam pertencentes a seitas secretas, nenhum deles sabe exatamente qual é o objetivo final para o qual está sendo dirigido. É que, ardilosamente, cada um é levado a entender que é único, que é o máximo, e até que é bom, e ainda que é senhor de seus atos, quando na verdade é simples escravo, como qualquer cristão perseguido e será morto também quando não mais for de valia para satã. Pobres deles. Estes homens, os da alta cúpula, poucos deles, são os únicos que tratam visivelmente com satanás.
(2) Na Carta aos Tessalonicenses São Paulo no diz: “A manifestação do ímpio se dará graças ao poder de satanás, com toda sorte de sinais e prodígios enganadores. Ele usará de todas as seduções do mal com aqueles que se perdem, por não haverem cultivado o amor à verdade que os teria podido salvar. Por isso Deus lhes enviará um poder que os enganará e os induzirá a acreditar do erro”. Isso explica tudo, até as falsas bi-locações do anticristo, que poderá ser mostrado por satanás em muitos lugares ao mesmo tempo. E este falso poder enganará a muitos, se possível até ao eleitos…
(3) Em artigos anteriores já deixamos entender que existe um plano para destruir os Estados Unidos, porque dizem que ele, como uma Fênix renascerá adiante das próprias cinzas. Então, ataques como aqueles das torres gêmeas, não são aprovados e executados de longe por árabes alucinados, mas com certeza existem pessoas dentro do próprio país que sabem disso. Existe um jogo de computador, formado por cartas, criado em 1995 e que mostra exatamente as torres gêmeas do WTC sendo fulminadas por aviões, da mesma forma como aconteceu, mostrando até os detalhes das caras de demônios que formaram-se na fumaça da explosão. Como alguém poderia saber disso antecipadamente?
Estas são as visões que passamos por hora, as próximas serão sobre o Vaticano.
Na mensagem “Martírio da Igreja”, Nossa Senhora diz assim: É o rugido aterrorizante do inimigo, a urrar de porta em porta. É o caos! É o mundo em revolta. É o terror! É o medo! E milhões sucumbirão… Dores, angustias, cadáveres, choro, tristeza, ódio, ódio, ódio… É o inimigo marcando a vida!… Está próximo, muito próximo! Então estas visões acima vêm corroborar esta mensagem, mostrando que o inimigo já está realmente a urrar de porta em porta, rondando as casas e as famílias. Mas tudo é, ainda, tênue e difuso. Logo, porém, se estenderão as ações do mal, porque infelizmente diminuem a cada dia as orações, diminuem drasticamente os que crêem e quase se apaga da terra a chama dos que amam. Somente o amor poderia opor uma barreira segura contra este ódio todo, mas envolvidas com o mundo e com a busca desenfreada do dinheiro, morre o amor. Não pode haver amor numa alma contaminada pelo dinheiro!
E, com toda a certeza o inimigo está já hoje marcando a vida. O Apocalipse nos avisa de que não devemos aceitar – digo aceitar livremente – esta marca odiosa, porque o objetivo dela não é nos trazer facilidades e benesses e sim nos roubar a alma, tornando-nos bestas irracionais e prontas a matar pela ordem de satanás. E farão isso na perseguição, pensando estarem recebendo esta ordem do próprio Deus, pois é assim que se dará.  Sim, até católicos farão isto, não somente pelo efeito da marca, mas porque já aceitaram a marca no seu coração cheio de maldade.
Mas não posso terminar este novo texto, sem deixar uma mensagem de esperança e de fortaleza: Deus é mais forte! Quem estiver ligado Nele, não precisará temer nada! Quem deve temer são os maus e os incautos! Estes se arrependerão de haverem escarnecido dos avisos de Deus. E estas visões e revelações, certamente são avisos potentes, que nos fazem pensar, não só pensar como agir. E agir significa acima de tudo rezar.
E como as ações deste exército negro são por hora nas casas, nas famílias é para ali que devemos canalizar nossos esforços e orações. Rezar o Rosário em família, eis o cadeado inexpugnável, que não permitirá proteger as casas da ação do mal. Onde a chave é a Cruz o demônio jamais colocará a mão nela. Nem olhará pelo buraco da fechadura! Quem encher sua casa de Ave Maria não precisará se preocupar, eis porque Nossa Senhora nos pede tanto esta oração poderosa. E a repetição continuada desta oração de batalha, certamente é a única forma de proteger as casas e famílias, pois a Ave Maria é o terror dos demônios.
E mesmo que uivem de porta em porta nunca adentrarão numa casa onde se reza, pelo menos o terço em família. Aliás, nem mesmo chegarão perto dela. Já das casas das famílias que não rezam!…. Bem elas escolheram isto ao se negarem a aceitar os avisos e sinais de Deus. Tudo é cristalino, mas somente para os que rezam!
Infelizmente – no próximo “capítulo” iremos ver – muitos têm até o Terço nas mãos, mas que serve apenas para demonstrar ao mundo a santidade: mas por dentro falta amor e faltam as orações!
Fonte: Recados do Aarão
Biografia Vladimir Sergueievitch Soloviov

Filósofo místico, escritor e poeta russo nascido em Moscou, que desenvolveu um sistema de pensamento, no qual não há distinção entre filosofia e religião, já que para ele não era possível enfocar o ser humano sem levar em conta a sua busca pelo divino, de grande influência sobre os poetas simbolistas russos e sobre os pensadores Rosanov e Berdiaev. Filho do historiador Serguei Soloviov, foi encarregado de cursos na Universidade de Moscou (1875), esteve na Inglaterra (1875-1876) e no Egito, Itália e Grécia coletando informações para seu próximo trabalho. Na volta a Rússia (1876) começou a escrever Princípios do conhecimento filosófico integrais, obra que nunca terminou. No ano seguinte fixou residência em São Petersburgo, e aceitou um emprego no Ministério da Educação. Defendeu sua dissertação de doutorado na Universidade de São Petersburgo (1880), mas perdeu o cargo por apelar contra a execução dos assassinos do czar Alexandre II (1881). Nos anos seguintes, desenvolveu temas de pouco interesse para filosofia Ocidental contemporânea. Também foi excomungado pela Igreja Ortodoxa, por abraçar idéias místicas. Seu misticismo acentuou-se, afirmou ter tido visões e passou um tempo nos desertos do Egito e da Arábia. Porém, voltou a assuntos filosóficos tradicionais na década seguinte, no entanto, esses estudos ficaram bastante prejudicados em suas conclusões devido à sua morte prematura à idade de 47 anos, em São Petersburgo. Junto com o irmão mais jovem dele, estava preparando também uma nova tradução russa dos trabalhos de Platão. No fim da vida, embora molestado pela censura, também desenvolveu intensa atividade jornalística, defendendo os judeus e exigindo reformas democráticas na Rússia czarista. Seus principais livros foram Dunkhovnia osnovy jisni (1884), Em L'Idée russe (1888) e La Russie et l'Église universelle (1891), ambos em francês, e Tri razgovora o voine, progresse i konce vsemirnoi istorii (1899) e Stikhotvorenie (1891), livro de poesias em estilo simbolista.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

“Todo o conteúdo destes Blog é livre para uso, até porque o Espírito Santo não cobra 'Direitos Autorais' ”