Total de visualizações de página

sábado, 21 de julho de 2012

Rezando com São Tomás de Aquino



Caminho que não se desvie
nem na prosperidade nem na adversidade,
de tal forma que eu te dê graças
nas horas prósperas e nas adversas,
conserve a paciência,
não me deixando exaltar
pelas primeiras nem abater pelas outras.
Que nada me alegre ou entristeça,
exceto o que me conduza a Ti
ou que de Ti me separe.
Concede-me, Deus misericordioso,
que deseje com ardor o que Tu aprovas,
que o procure com prudência,
que o reconheça em verdade,
que o cumpra na perfeição,
para louvor e glória do Teu nome.


Põe ordem na minha vida, ó meu Deus,
e permite-me que conheça o que Tu queres que eu faça,
concede-me que o cumpra como é necessário
e como é útil para a minha alma.
Concedei-me , Deus misericordioso,
que aquilo que vos agrada:
ardentemente desejar,
prudentemente investigar,
sinceramente apreciar,
perfeitamente consumar.

Para louvor e glória de vosso nome:
ordenai minha vida,
fazei-me compreender o que quereis de mim,
ajudai-me a cumprir o que é necessário
e o que seja útil para a minha alma.

Que a Vós, Senhor, minha via seja segura e completa,
sem esmorecer nas prosperidades ou adversidades,
para que Vos renda graças nas prosperidades,
e mantenha a paciência nas adversidades,
não me deixando exaltar por aquelas,
nem me desanimando por estas.

Que não me alegre em nada que não me leve a Vós,
tampouco me entristeça, exceto quando afastado de Vós,
a ninguém desejando comprazer, ou temer desagradar, salvo a Vós.
Que as coisas passageiras a mim se aviltem por Vós,
estimadas todas as vossas coisas me sejam, mas Vós,
ó Deus, mais que tudo.

Que me causem desgosto todas as alegrias sem Vós,
nada desejando além de Vós.
Que me deleite o trabalho para Vós,
e tedioso o repouso sem Vós.
Dai-me constantemente um coração por Vós elevado,
com dor e propósito de emenda por minhas faltas, ponderado.

Fazei-me, meu Deus:
humilde sem ficção,
alegre sem dissipação,
sério sem depressão,
oportuno sem opressão,
ágil sem frivolidade,
veraz sem duplicidade,
temendo-vos sem desesperação,
confiante sem presunção,
corrigindo o próximo sem pretensão,
edificando-o pela palavra
e pelo exemplo sem ostentação,
obediente sem contradição,
paciente sem murmuração.
Dai-me, ó dulcíssimo Deus, um coração:
vigilante, distanciando-se de Vós qualquer curiosa cogitação,
nobre, às vilezas, isento de indigna afeição,
invencível, que não o fraqueje nenhuma tribulação,
íntegro, que não o seduza nenhuma violenta tentação,
reto, que não o desvie nenhuma perversa intenção.

Concedei-me, Senhor meu Deus:
uma inteligência para vos conhecer,
um amor para vos buscar,
uma sabedoria para vos encontrar,
um convívio para vos agradar,
uma perseverança fiel para vos esperar,
e, por fim, uma confiança para vos abraçar.

Que eu seja transpassado por vossas penas pela penitência,
que no caminho seja agraciado por vossos benefícios pela graça,
e gozar de vossas alegrias na Pátria pela glória.
Amém.
São Tomás de Aquino

Nenhum comentário:

Postar um comentário

“Todo o conteúdo destes Blog é livre para uso, até porque o Espírito Santo não cobra 'Direitos Autorais' ”