Total de visualizações de página

terça-feira, 9 de agosto de 2011

Para Rezar e Meditar

Dos Comentários sobre os Salmos, de Santo Agostinho, bispo

(Ps 47,7: CCL 38,543-545)     (Séc.V)

Vinde, subamos ao monte do Senhor

Tal como ouvimos, assim vimos (Sl 47,9). Ó Igreja feliz! Em certo tempo ouviste, em outro
tempo viste. Ouviu em promessas, vê na realização; ouviu na profecia,vê no Evangelho. Tudo
quanto agora se cumpre foi antes profetizado. Levanta os olhos e lança um olhar sobre o
mundo. Contempla a herança até os confins da terra. Vê já se realizando aquilo que foi dito:
Adorá-lo-ão todos os reis da terra, todas as nações o servirão (Sl 71,11). Vê já realizado o que
se disse: Eleva-te acima dos céus, ó Deus, e tua glória sobre a terra inteira (Sl 107,6). Vê
aquele de pés e mãos fixos por pregos, cujos ossos, pendendo do lenho, foram contados,
lançada a sorte sobre sua túnica. Vê reinando aquele que viram perdendo; vê assentado no céu
aquele que desprezaram andando na terra. Vê desde então cumprir-se: Lembrar-se-ão e se
converterão para o Senhor todos os extremos da terra; adorarão em sua presença todos os
povos (Sl 21,28). Ao ver tudo isto, exclama jubilosa: Tal como ouvimos, assim vimos (Sl 47,9).

É justo chamar assim a própria Igreja dos gentios: Ouve, filha, e vê e esquece teu povo e a casa
de teu pai (Sl 44,11). Ouve e vê: ouves primeiro o que não vês, verás depois aquilo que ouviste.
Um povo que eu não conhecia pôs-se a meu serviço, mal me ouviu, obedeceu-me (Sl 17,44-45).
Se com ouvidos obedientes me obedeceu, quer dizer que não viu. E o que significa: Aqueles aos
quais não fora anunciado, verão; e aqueles que não ouviram entenderão? (Is 52,15). Aqueles a
quem tinham sido enviados os profetas, os que anteriormente não puderam ouvi-los, foram
depois os primeiros a ouvir e entender, e encheram-se de admiração. Restam aqueles aos quais
foram enviados, que possuem livros, mas não compreendem a verdade; têm as tábuas da
Aliança, e não possuem a herança. Mas nós, tal como ouvimos, assim vimos.

Na cidade do Senhor dos exércitos, na cidade de nosso Deus (Sl 47,9). Ali ouvimos, ali
também vimos. Deus fundou-a para a eternidade(Sl 47,9). Não se exaltem os que dizem: Aqui
está Cristo, está ali. Quem diz: Eis que aqui está, eis ali, acena com várias partes. Deus
prometeu a unidade. Os reis aliaram-se, não se dissiparam em facções (cf. Sl 47,5). Mas talvez
com o tempo venha a ser destruída esta cidade que contém o mundo. De modo algum: Deus
fundou-a para a eternidade. Se Deus a fundou para a eternidade, por que temes que caia seu
sustentáculo?


                                        Do Livro do Profeta Miquéias 4,6-7
6 ‘Naquele dia, diz o Senhor,
reunirei os coxos
e recolherei os que tinha expulso ou castigado;
7 aproveitarei os remanescentes coxos,
e, com os que sofreram, farei um povo forte’.
E sobre eles reinará o Senhor no monte Sião,
desde agora e para sempre”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

“Todo o conteúdo destes Blog é livre para uso, até porque o Espírito Santo não cobra 'Direitos Autorais' ”